PIX: Pagamentos em aplicativo de loja ficará mais fácil!

PIX: Pagamentos em aplicativo de loja ficará mais fácil, leia texto abaixo para descobrir tudo sobre!
Pix: pagamentos em aplicativo de loja ficará mais fácil!

O sistema de pagamento eletrônico instantâneo, o PIX, foi lançado com o intuito de facilitar o modo como a população brasileira realiza seus pagamentos e recebe dinheiro, ocorrendo sem a presença de burocracia.

Porém, realizar pagamentos em lojas com o PIX ainda não é a tarefa mais fácil, sendo possível aprimorar este serviço para que o sistema se torna mais prático ainda, como ocorrerá em breve.

A partir do nosso texto, saiba como vai funcionar a nova forma de pagamento PIX, como também, quando começará a valer:

Publicidade

Saiba como vai funcionar a nova forma de pagamento

Pix: pagamentos em aplicativo de loja ficará mais fácil!

Atualmente, para realizar pagamentos via PIX, é necessário que o cliente copie um código e entre no aplicativo do seu banco para finalizar a transação, sendo um dos motivos para que alguns clientes até desistam de realizar a compra.

Portanto, esse sistema de pagamento irá mudar, tornando-se mais prático e fácil, acabando com o processo de copia e cola do PIX.

Acredita-se que este novo sistema irá beneficiar o e-commerce, reduzindo as etapas que existem hoje para realizar pagamentos nos aplicativos.

No entanto, está nova facilidade já está disponível no mercado para um certo público. O aplicativo de entregas IFood, em parceria com o Banco Itaú, tornou mais fácil o pagamento PIX para seus clientes.

A novidade oferecida pelas duas instituições visa melhorar a experiência do cliente, pois quem tem conta no Itaú vai poder pagar via PIX no IFood bastando apenas digitar a senha para concluir a transação, sem copia e cola.

Entenda o que é iniciador de PIX

O fim do sistema de copia e cola do PIX se dará com a chegada do iniciador PIX. Este serviço é uma das partes do open banking, sendo preciso que o cliente dê o consentimento para o compartilhamento de dados.

O novo método de pagamento PIX irá funcionar na prática com uma instituição como iniciadora, podendo ser quem está fazendo a venda ou uma intermediadora, que poderá solicitar o PIX. A partir daí, o usuário poderá realizar o pagamento apenas confirmando sua senha bancária.

Com isso, o cliente não precisa passar por longas etapas, entrando em aplicativos de banco e voltando, copiando e colando os códigos, pois o iniciador de PIX simplificará o processo.

Essa funcionalidade será muito útil, segundo o próprio Banco Central, para aplicativos de delivery e transporte, aplicativos de mensagens e redes sociais que contam com opções de pagamentos via PIX.

Quando esse novo método começará a valer?

Para que o iniciador PIX seja lançado, diferentemente da transferência com PIX, é necessário que haja uma integração entre as várias empresas de e-commerce, tendo como outro desafio o pequeno número de instituições que estão autorizadas a operar como iniciadoras de pagamento.


Encerra em 13:00

Cartão que pode te liberar R$ 250,00 de limite.

Mais de 75256 pessoas já solicitaram o seu

* Sujeito à análise de crédito.

Ainda não há uma data definida para que o novo método comece a valer, dependo dos requisitos citados anteriormente. No entanto, é nítido que existe uma motivação para reduzir a fricção, não levando muito tempo para que esta facilidade chegue ao mercado.

Você também pode se interessar por…

Ficou interessados no assunto abordado em nosso texto? Saiba mais sobre o mundo das finanças navegando no nosso site! Leia mais um dos nossos textos clicando no botão abaixo:

Procurando cartão…