Open Banking: Saiba quais mudanças ocorrerão no seu dia a dia com este novo sistema

Open Banking é um sistema regulamentado pelo banco central que vai dar a permissão do livre compartilhamento de serviços e dados dos clientes. Leia e saiba mais!
Open banking: saiba quais serão as mudanças que ocorrerão no seu dia a dia com este novo sistema

Neste texto, vamos falar de um sistema que vai ao encontro de dois pilares do Inter: transparência e simplicidade. Continue lendo para saber tudo sobre o Open Banking e como ele vai mudar sua relação com seu banco.

Open bank ou Open Finance é um sistema regulamentado pelo banco central que vai dar a permissão do livre compartilhamento de serviços e dados dos clientes, entre as instituições financeiras, por meio de APls (application programming interface ou interface de programa de aplicativos).

Quais dados serão compartilhados e qual objetivo?

How open is open banking? - FinTech Futures

Vão ser compartilhadas informações cadastrais como nome, CPF, dados transacionais, contato, incluindo renda e movimentações financeiras, de pessoa física com pessoa jurídica e, por último, dados em relação aos produtos que o cliente usa como seguro, de crédito, plano de previdência, etc.

Publicidade

O objetivo do sistema é induzir a ampla concorrência e a oferta de serviços para o consumidor final, assim como simplificar a vida de quem usa os bancos, dando de volta para essas pessoas o controle sobre a sua vida financeira.

Esse sistema é seguro?

É necessário entender como o Open Banking vai funcionar antes que respondamos essa pergunta.

No novo ambiente, o compartilhamento de dados entre as instituições será realizado via APls, uma tecnologia que concede integração de sistemas com diferentes componentes e linguagens de programação.

As APls, por sua vez, são construídas com muitas camadas de proteção, com o intuito de que ninguém, fora das plataformas conectadas, tenha acesso aos dados.

O Google drive é um exemplo muito conhecido de API aberta. Se você usou o serviço em algum instante deve ter acessado um site onde era permitido anexar um arquivo diretamente no Google drive, correto?

Além da tecnologia usada afirmar-se segura, o sistema como um todo vai ser regulamentado pelo Banco Central, isso significa que as instituições que participam vão ter que atender as ideias estabelecidas pelo órgão financeiro e também vão estar sujeitas a punição.

Vale ressaltar também que, seus dados vão continuar protegidos pela lei de sigilo bancário (lei complementar n° 105) e pela lei geral de proteção de dados ( n° 13.709/2018), que proíbem que compartilhe informações do cliente com terceiros. 

Resumindo: você só abraça o Open Banking se quiser e, como cliente, tem a prerrogativa de cancelar a autorização a qualquer hora.

Quando o sistema começa a funcionar?

Open Banking será elaborado em quatro fases aqui no Brasil, que aconteceram todas em 2021.

Fase 1- Dados institucionais

Essa etapa que começou em fevereiro, as informações compartilhadas ainda não são envolvidas com os dados dos clientes, são dados da própria instituição como: canais de atendimento, produtos e serviços, etc.


Encerra em 13:00

Cartão que pode te liberar R$ 250,00 de limite.

Mais de 75256 pessoas já solicitaram o seu

* Sujeito à análise de crédito.

Fase 2 – dados cadastrais e transacionais

As instituições terão a permissão de compartilhar dados cadastrais e transacionais relacionados, os cartões de crédito, financiamentos e empréstimos, com o consentimento do cliente, isso tudo no dia 15/07.

Fase 3- iniciação de pagamentos e propostas de créditos

Agora na fase 3, a sua data de início está prevista para 30/08, o cliente vai poder fazer transações de pagamentos e encaminhamento de proposta de operação de créditos em instituições diferentes, usando apenas um aplicativo.

Fase 4 – dados de seguros, investimentos e câmbio

E por final, vão ser compartilhados dados complementares como operações de câmbio, investimentos, seguros e conta-salário, a partir do dia 15/12

Como Open Banking vai mudar o seu dia a dia?

Neste momento, você deve estar questionando quais os benefícios do Open Banking para os clientes.

O principal deles é que você vai ter acesso a mais produtos e serviços, com preço mais justo, precisar migrar de banco ou usar diferentes aplicativos( é parecido com o aplicativo do Inter: você tem acesso há muitos serviços em apenas um só lugar.

As informações centralizadas também devem facilitar seu controle/planejamento financeiro, auxiliando a visualizar todos os seus rendimentos e gastos.

Mais dados: Mais crédito

Um dos serviços que serão mais impactados pelo novo sistema vai ser a oferta de crédito. Vamos supor que você queira solicitar um empréstimo bancário, mas o seu banco não te oferece as melhores taxas do mercado.

Se você pretende usar o Open Banking, conte aqui nos comentários!

Leia também: Nome no SCR: Saiba o que isso significa?

Procurando cartão…