Open Banking confirma terceira fase para outubro: Saiba como será!

O Open Banking confirmou há poucos dias a sua terceira fase. Quer saber como acontecerá? Leia o nosso texto!
Open banking confirma terceira fase para outubro: saiba como será!

Com pedido dos bancos e das fintechs por ter em um curto prazo para conseguir implantar o sistema Open Banking, o Banco Central confirmou que a terceira fase do sistema será implantada somente a partir do final de outubro.

A justificativa do Banco Central para o adiamento da implantação da terceira fase do Open Banking, foi de que os testes com os bancos que estavam prontos para receber o sistema estavam com suas datas comprometidas, por conta disso, o BC resolveu pela decisão do adiamento.

O Banco Central, em nota, explicou que a justificativa para o atraso seria que faltavam alguns detalhes técnicos para a implantação do sistema e com esse imprevisto, as datas que estavam previstas para implantação tiveram que ser adiadas.

Publicidade

Nesta 3ª fase de implementação do Open Banking, as empresas estão organizando o sistema para regulamentar o uso do Pix compartilhando informações entre as instituições financeiras.

Embora, tenha soado como um certo desinteresse do Banco Central, por conta dos atrasos de implementação do Open Banking, por meio de nota, a instituição reafirmou que não medirá esforços para a implementação do novo sistema e que seguirá vigilante no processo de instalação.

O que é o Open Banking?

Open Banking confirma terceira fase para o mês de outubro; como será?

O Open Banking é um sistema que vai ser implementado no Brasil, para comunicação interna entre as instituições financeiras participantes deste sistema.

Com esse sistema implementado, será possível ter mais acesso às informações bancárias das pessoas. Mas, não se preocupe pois o sistema é muito seguro e não há riscos de comprometer a privacidade dos seus dados.

O sistema Open Banking veio para ajudar as pessoas e facilitar a sua aderência de serviços com novos bancos, entre eles o financiamento. Todavia, se você optar por trocar de instituição financeira, será necessário iniciar uma nova relação, do zero, com este outro banco e com isso você tem acesso limitado a alguns serviços.

O Open Banking veio exatamente para fazer com que as instituições consigam se comunicar e enviar seus históricos financeiros entre eles, assim conseguirá ter uma relação mais “adiantada” com o novo banco escolhido.

Este sistema evita perda de tempo com burocracia, ajudando você e a instituição financeira. Através do Open Banking suas informações poderão ser enviadas entre os bancos e a comunicação será facilitada.

Mudanças no mercado 

Para pessoas físicas, essas mudanças serão muito vantajosas, pois com elas você poderá usufruir dos seus dados em diversos bancos e procurar melhores condições de taxas para financiamento e empréstimos, além de ter acesso a diversos outros programas.

Com esse modelo do Open Banking, a tendência é que o mercado fique ainda mais competitivo e, consequentemente, surgirão melhores oportunidades para o cliente, afinal, é algo muito bom visto que as empresas disputarão para oferecer os melhores serviços.

O Open Banking é um serviço que busca ajudar os dois lados do mercado, a pessoa física e os bancos, compartilhando informações para melhor lhe atender e oferecer serviços da mais alta qualidade, visando sempre sua aprovação.


Encerra em 13:00

Cartão que pode te liberar R$ 250,00 de limite.

Mais de 75256 pessoas já solicitaram o seu

* Sujeito à análise de crédito.

Vantagens do Open Banking 

  • Autonomia dos clientes;
  • Menores custos;
  • Ampla concorrência entre instituições; 
  • Mais segurança entre as informações.

Datas sobre a implementação dos sistema 

  • 29/10/21: Início da terceira fase, que fará o serviço de compartilhar informações sobre o serviço do Pix;
  • 15/12/21: Quarta fase, nela os bancos trocarão informações sobre serviços como: câmbio, investimentos e seguros;
  • 15/02/22: As instituições irão compartilhar entre si, informamos sobre transferências entre o mesmo banco e TED;
  • 30/02/22: Compartilhamento de propostas, para contas de pessoas que optarem por utilizar o Open Banking.
  • 31/05/22: Transferência de informações sobre os demais serviços bancários;
  • 30/06/23: Compartilhamento de pagamentos via boleto;
  • 30/07/23: Compartilhamento de débito em conta.

Nesse texto foram repassados, a você, todas as informações sobre a nova plataforma do Banco Central: o Open Banking. Com ele será possível que as instituições tenham acesso a diversas informações sobre o seu perfil como cliente bancário e com isso lhe proporcionará vários serviços personalizados, de acordo com que você necessita.

Com eles serão abertos novos horizontes para o cliente e para a instituição financeira, além de facilitar todo o processo bancário e diminuir a burocracia.

Leia também: Possui dificuldade para guardar dinheiro? A Fintech Monis tem a solução!

Procurando cartão…