Finanças são um dos principais motivos de estresse das famílias brasileiras: Entenda porquê!

Infelizmente, inúmeras famílias brasileiras têm se tornado vítimas do estresse causado pelas finanças! Se você deseja entender um pouco mais sobre essa situação, vem ler nosso artigo!
Finanças são um dos principais motivos de estresse das famílias brasileiras: entenda porquê!

Publicidade

Nos últimos anos, o estudo sobre o estresse cresceu gradativamente em virtude do aumento dos relatos e também, dos casos de doenças provenientes dessa situação. Acontece que em todos os casos, o estresse é ocasionado por alguma coisa.

Ao analisar essa condição, pesquisadores identificaram o que parecia óbvio para muitas pessoas: as finanças são um dos principais causadores desse mal nas famílias brasileiras. Sendo assim, é de extrema importância entender esse panorama e essa situação.

Para ajudar a desenvolver esse entendimento, elaboramos esse post com conteúdo relacionado a pesquisa feita, que identificou esse fator e classificou a situação financeira como um aspecto importante na intensificação do estresse.

Estresse relacionado às finanças: Entenda o mal que assola mais da metade das famílias

Finanças são um dos principais motivos de estresse das famílias brasileiras: entenda porquê!

Segundo uma pesquisa realizada pela Febraban, Federação Brasileira de Bancos, mais de 50% das famílias brasileiras lidam com estresse ocasionado por dificuldades financeiras, ou preocupações referentes a esse assunto em si.

A iniciativa da Federação vem a agregar o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro, um programa destinado a estudar os dois conceitos abordados, saúde e finanças. Além disso, ajudam a instituição a desenvolver uma linha de trabalho específica para atender essa necessidade.

O estudo veio através de uma parceria feita entre a Febraban e o Banco Central, que visam adquirir esses dados para desenvolverem programas de educação financeira pelo país. Mesmo que interessante, os dados levantados nos causam espanto, e preocupam quando ao bem-estar dos brasileiros.

Índice de Saúde Financeira do Brasileiro

Publicidade

Falando agora um pouco sobre o índice em si, ele foi desenvolvido para que pudesse observar e avaliar as capacidades das pessoas em cumprir com as suas obrigações financeiras. Além disso, a pesquisa aproveitou para observar outros aspectos relacionados ao assunto.

Entre os demais dados, foram avaliados aspectos como tomada de decisões sobre o a vida financeira, autocontrole e cuidado nas compras, segurança com o futuro das suas finanças e liberdade para gastar o seu dinheiro.

Publicidade

O questionário foi aplicado a mais de 5 mil brasileiros, divididos em amostras representativas de regiões do país, renda, sexo e idade. O questionário ainda está disponível de forma online. Para acessá-lo, clique aqui.

Ao final da pesquisa, apenas 21% dos entrevistados estavam preparados para lidar com uma grande dificuldade financeira inesperada.

A pontuação do índice era de 0 a 100, tendo uma média nacional de 57 pontos. Mesmo que acima da média, é necessário considerar as margens de erro estipuladas. Cerca de 48% das pessoas, possuem sérios problemas em relação a sua saúde financeira.

Desigualdade mostradas através da pesquisa

Com o fim da pesquisa, foi possível observar alguns dados importantes. A Região Sudeste foi a que possui o maior percentual de pessoas com baixa saúde financeira, cerca de 14%, seguida pelo Nordeste com 11%.

Em questões de gênero, os homens estão na frente já que 10,1% encontra-se numa situação ótima, enquanto 8% numa situação mais séria. Em relação às mulheres, 15% estão em situações difíceis e 5,9% estão satisfeitas.

Contudo, é importante olhar para esses dados com esperança, já que a partir desse estudo, novos caminhos para melhorar a educação financeira no nosso país serão trilhados. 

Leia também: Conheça os melhores investimentos para quem não tem experiência

Procurando cartão…