Entrou no rotativo do cartão de crédito? Veja o que fazer para amenizar os juros altos

Entrou no rotativo do cartão de crédito? Leia o texto abaixo para aprender o que fazer amenizar os juros altos!
Entrou no rotativo do cartão de crédito? veja o que fazer para amenizar os juros altos

O cartão de crédito é uma das formas mais rápidas de realizar as suas compras, mas por conta dessa grande facilidade, muitas pessoas podem acabar não tendo um bom controle dos seus gastos e o que gera juros altíssimos no rotativo.

Por conta disso, criamos um texto completo com as principais formas para que você consiga amenizar esses juros de uma forma fácil e que, claro, te ajude a se organizar financeiramente para os próximos meses.

Sobre os juros rotativos e o que eles significam

Entrou no rotativo do cartão de crédito? veja o que fazer para amenizar os juros altos

Em primeiro lugar, vamos começar sabendo exatamente o que são os juros rotativos e como eles aparecem na sua fatura. Quando você realiza um pagamento mínimo ou intermediário da sua fatura e ela vence, você entra em uma linha de juros rotativos, que são cobrados sobre o valor da sua fatura e, geralmente, possuem o valor de 13%.

Publicidade

Levando isso em consideração, o objetivo do cartão de crédito é funcionar como um empréstimo por parte do banco, logo se você não paga o valor que foi emprestado, é claro que os juros acabam se tornando necessários e o valor geralmente não é agradável.

É importante levar em consideração que, até o ano de 2017, os bancos não possuíam limites para o tempo de crédito rotativo que poderiam dar aos seus clientes, ou seja, você poderia realizar o parcelamento da sua fatura inúmeras vezes.

 Após esse ano, as regras mudaram, e você pode ficar com o crédito rotativo por apenas 30 dias, sendo necessário que o banco ofereça uma outra opção mais vantajosa, como por exemplo o parcelamento.

Então, como conseguir amenizar o valor desses juros?

Amenizando os juros do crédito rotativo

Atualmente, existem algumas formas possíveis para que você consiga amenizar os juros que são cobrados no crédito rotativo, sendo os principais deles:

  • Negociação: A primeira forma de conseguir reduzir o valor dos juros do crédito rotativo é realizar uma negociação diretamente com a empresa, dessa forma eles percebem que você está interessado em realizar o pagamento da sua dívida e podem ser generosos com o valor que será cobrado de juros;
  • Antecipe o parcelamento: Você pode escolher por antecipar o parcelamento da sua fatura antes do fechamento da mesma no final do mês, o que acaba gerando juros menores do que o parcelamento realizado depois do período do pagamento;
  • Empréstimo pessoal: O empréstimo pessoal pode acabar sendo uma opção mais em conta para quem precisa realizar o pagamento da fatura, visto que os juros cobrados nessa modalidade variam entre 3% a 6% ao mês;
  • Empréstimo consignado: Caso você tenha a possibilidade de realizar a solicitação de um empréstimo consignado, essa é uma opção ainda melhor disponível no mercado financeiro, pois as taxas de juros ficam entre 1,8% e 3,5% ao mês.

Esperamos que as dicas deste texto tenham sido úteis para que você consiga se organizar financeiramente, de uma forma que os juros rotativos não sejam mais um problema. Lembre-se sempre que o melhor é se organizar previamente para não precisar recorrer a nada do que citamos acima. 

Procurando cartão…