Você deseja investir, mas não sabe por onde e nem como começar? Foca no nosso artigo e confere as melhores dicas para iniciantes de investimentos!

Publicidade
Conheça os melhores investimentos para quem não tem experiência

Ganhar dinheiro é o objetivo de praticamente todas as pessoas, e os bancos sabem disso e a partir desse conhecimento, buscam agregar cada vez mais serviços ao seu portfólio de negócios, visando auxiliar o cliente a aumentar seus ganhos.

Publicidade

Um dos modelos de serviços mais comuns são os investimentos. Quem nunca ouviu falar sobre CDB, poupança. Tesouro direto e afins? Se você é uma dessas pessoas e deseja começar a investir, é importante que conheça as opções.

Pensando nisso, desenvolvemos um guia prático com as melhores opções de investimentos para pessoas sem experiência. Continue conosco para entender as melhores opções e também, aprender ainda mais sobre o ramo dos investimentos.

Investimentos para iniciantes

Conheça os melhores investimentos para quem não tem experiência
Conheça os melhores investimentos para quem não tem experiência 2

Antes de descrever as cinco melhores opções, é importante que você entenda o que significa esse tipo de serviço, afinal, investimentos estão presentes em praticamente todos os bancos tradicionais e plataformas digitais do mercado financeiro.

Através desse serviço, o cliente poderá aplicar o seu dinheiro e fazer com que ele gire como capital, tornando mais valioso e gerando lucros para o cliente. Alguns aspectos exigem um pouco mais de atenção como liquidez e o modelo de investimento.

Além disso, existem modelos de investimentos baseados em renda fixa e em renda variável. Desse modo, não caia na armadilha de achar que os investimentos se resumem em apenas poupança e bolsa de valores.

Estabelecidos esses conceitos iniciais, estamos prontos para observar e aprender as principais formas de investimento para iniciantes no setor. Continue conosco e conheça mais sobre esse ramo do mercado financeiro.

5 melhores tipos de investimentos para iniciantes

Fundos de investimento

Publicidade

Começando nossa explanação acerca dos melhores modelos de investimentos para pessoas inexperientes no setor, mencionamos os fundos de investimento, um dos principais modelos de aplicações do mercado financeiro.

Um fundo de investimento consiste em um grupo de pessoas, sem um número limite definido, que decide alocar seus recursos em um único gestor. Sendo assim, a empresa passa a trabalhar com os valores investidos por esses clientes.

Publicidade

Com isso, o gestor decide quais serão os melhores negócios a se investir de acordo com as preferências de cada cliente. Esse modelo é muito comum através de carteiras digitais e outras plataformas que prometem auxiliar o cliente nas suas tomadas de decisões.

Alguns aspectos sobre cada fundo são especifico, no entanto é possível que você retire os valores ou mude suas preferências a qualquer momento. Junto a isso, é possível também que você evolua o seu conhecimento sobre o assunto.

Letras de crédito imobiliárias e do agronegócio

Mais um popular modelo presente nas mais famosas plataformas de investimentos do mundo são as famosas Letras de Crédito, ou popularmente conhecidas como LCI e LCA. 

As letras de crédito são um modelo de investimentos em renda fixa, os quais consistem em títulos de crédito destinados a ramos específicos, como agronegócio ou ao ramo imobiliário.

Cabe destacar que esse é um dos modelos de investimento mais procurado, uma vez que esses títulos possuem uma rentabilidade atrativa ao cliente. Os títulos, como explicamos, consistem em pequenos empréstimos que são feitos a uma instituição financeira.

No caso das letras de crédito, esses empréstimos são destinados a financiamentos nos setores imobiliário e do agronegócio.

Ao aplicar o dinheiro nestas Letras de crédito, o investidor firma um contrato com a instituição, que especifica que irá pagar os juros sobre o montante do valor investido após um determinado prazo.

Cabe lembrar que existe o Fundo Garantidor de Crédito, FGC, que oferece uma garantia maior ao investidor, possibilitando assim que ele possa realizar os seus investimentos com um risco baixo, porém com uma rentabilidade muito atrativa.

Os pagamentos são regulados pelo CDI, Certificado de Depósito Interbancário, ou por uma taxa anual pré-definida. Ainda destacando, que esse tipo de investimento não implica a cobrança de impostos como o IOF e IR.

Certificado de Depósito Bancário e Recibo de Depósito Bancário (CDB e RDB)

Novos investidores muitas vezes buscam por investimentos simples e sem risco, afinal de contas, não sabem até onde podem ou devem ir com suas aplicações. É nesse contexto que mencionamos mais uma nova modalidade de investimento.

Nesse caso, temos os famosos CDB e RDB, duas modalidades de investimento que consistem em títulos simples e bem comuns nas instituições financeiras. Os títulos são emitidos pelos bancos para conseguir verba para financiar as suas atividades de crédito.

Sendo assim, o cliente realiza um pequeno empréstimo ao banco e recebe em um determinado prazo a sua rentabilidade diária. Dentro desse modelo, existem três tipos de investimentos: prefixados, pós-fixados e os mistos, todos diferentes em sua rentabilidade.

Existem vários tipos de títulos, desde R$ 1,00 até R$ 500,00. Os seus prazos também podem variar, e para isso, é importante que você busque uma plataforma que lhe entregue o melhor caminho para o seu modelo de investimento.

Por fim, cabe destacar que o CDB possui uma incidência de imposto progressivo de renda, além de estar atrelado ao FGC, que nem o investimento anterior.

Letra de Câmbio

Ainda na modalidade de renda fixa, temos mais um novo modelo de investimento, o chamado Letra de Câmbio. Assim como o anterior, nesse caso é o banco que emite os títulos, buscando investidores que aplicam esse dinheiro.

O banco utiliza essas aplicações para servirem de lastro de contratos de financiamento, porém pagam ao seu investidor valores em cima dos juros aplicados ao montante. Semelhante ao CDB, o LC possui diversas possibilidades de rentabilidade.

Os valores mínimos circulam na casa do R$ 1.000,00, mas podemos destacar que esse tipo de investimento consegue espaço para garantir ao cliente a segurança e rentabilidade que ele precisa, restando apenas saber procurar a melhor opção.

Tesouro direto

Por fim, chegamos ao último modelo de investimento indicado para pessoas com pouca experiência nesse mercado, a aplicação em Tesouro Direto. No entanto, ele se difere das demais opções mencionadas por ser um título público.

Nesse caso, os títulos têm a finalidade de financiar os investimentos governamentais em educação, saúde, infraestrutura, etc. Nesse modelo, o investidor irá adquirir títulos públicos de dívidas públicas em troca de uma rentabilidade definida.

Assim como o CDB, existe a incidência do imposto IR regressivo e as taxas de juros poderão ser as mais diversas, cabendo ao cliente escolher a melhor.

Simples, não é mesmo? Agora que você conheceu essas opções, busque se aventurar no mercado financeiro e fazer parte desse grande modelo de negócio. 

Share