Você sabe qual é a diferença de um empréstimo pessoal para um financiamento? Se a sua resposta é não leia o nosso texto e descubra!

Publicidade
Conheça as diferenças entre o empréstimo pessoal e o financiamento

Muitas pessoas quando necessitam de um auxílio financeiro não sabem a qual serviço de crédito recorrer, porque não conhecem as diferenças entre as diversas opções existentes no mercado. 

Publicidade

Para ajudarmos você a conseguir encontrar qual serviço é o mais adequado às suas necessidades finaanceiras, preparamos um texto bem detalhado sobre o que difere o empréstimo pessoal do financiamento. 

Antes de tudo, informe-se sobre as principais características destes serviços a seguir!

Saiba todas as diferenças entre um empréstimo pessoal e um financiamento

Conheça as diferenças entre o empréstimo pessoal e o financiamento

O que é empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é a contratação de um serviço de crédito de uma instituição financeira, que está disponível para pessoas físicas. Com este serviço você recebe a quantia de dinheiro desejada sem precisar explicar ou comprovar a finalidade da contratação. 

Com o empréstimo pessoal, a quantia do valor recebido deve ser devolvida ao banco dentro de um prazo combinado no acordo entre o cliente e a instituição financeira, através de parcelas que são compostas de juros dependendo do que foi estipulado na contratação do serviço. 

Por meio do empréstimo pessoal o cliente pode usar o dinheiro emprestado da maneira que preferir, tanto para quitação de dívidas ou para compra de bens. 

O que é financiamento?

Apesar deste serviço também ser a contratação de um empréstimo de crédito de uma pessoa física e uma instituição financeira, ele requer que a quantia de dinheiro emprestada seja usada para uma finalidade especificada pelo cliente na hora da contratação. 

Publicidade

Dessa forma, para fazer um financiamento é necessário explicar ao banco o motivo e no que será usado o dinheiro. Por isso, normalmente, o financiamento exige uma espécie de garantia, a qual seria a própria aquisição que o cliente efetuou com o dinheiro emprestado. 

Com isso, o financiamento, geralmente, está relacionado com a compra de imóveis, carros, etc, sendo uma opção voltada à aquisição de bens mais caros. 

Principais diferenças entre empréstimo pessoal e financiamento

Publicidade

Antes de contratar qualquer empréstimo de crédito é importante você se informar sobre as diferenças de cada um para definir qual se encaixa mais no que você procura. Por isso, confira abaixo as principais diferenças entre esses dois serviços:

Taxas de juros

Um dos fatores que mais atraem ou afastam clientes são as taxas de juros de um serviço. Por isso, é importante você saber que ao contratar um empréstimo pessoal as taxas de juros podem ser maiores comparado ao financiamento, já que o banco não tem a garantia da finalidade do dinheiro emprestado. 

Entretanto, se você mantém uma boa relação com o banco e possui uma boa reputação como consumidor, tendo uma pontuação elevada nos órgãos de proteção de crédito, a instituição pode oferecer negociações de parcelas e taxas mais baixas. 

Já com o financiamento os juros são muito menores, pois a instituição financeira tem conhecimento da finalidade do dinheiro e tem como garantia de pagamento o bem adquirido pelo cliente. Contudo, isso torna o processo de solicitação do serviço menos flexível.

Burocracia 

Um dos maiores diferenciais entre o empréstimo pessoal e o financiamento é o processo de contratação de cada serviço. 

Com o empréstimo pessoal você pode utilizar da sua relação com o banco para ter melhores chances de negociações e juros, fazendo-o ser mais flexível e acessível. 

Além disso, para contratar um empréstimo pessoal você passa por uma análise de crédito e cadastro realizada pelo banco, mas não precisa, necessariamente, informar sobre o destino do dinheiro. 

Por outro lado, a burocracia do financiamento é muito maior, visto que você deve comprovar tudo que for solicitado pelo banco para definir exatamente o que será adquirido com o dinheiro financiado. 

Com isso, a solicitação de financiamento pode ser também um processo mais demorado comparado ao empréstimo pessoal.

Finalidade de cada serviço

Como já foi enfatizado anteriormente, a finalidade do dinheiro emprestado por cada serviço difere em questão de contrato, exigências e burocracias. 

Com o financiamento você deve entrar em um acordo com o banco sobre qual bem irá comprar com o dinheiro. Porém, este serviço conta com a facilidade de muitas instituições financeiras já possuírem financiamentos específicos para imóveis, carros e afins, o que auxilia no processo de contratação. 

Já o empréstimo pessoal pode ser visto como uma grande vantagem financeira, pois pode servir até para você organizar suas finanças. 

Entretanto, isso não significa que você não possa comprar um bem de alto valor, o que difere é que você não é obrigado a informar ao banco. 

Pagamento

Com juros mais flexíveis as parcelas de um financiamento são mais acessíveis ao consumidor, entretanto é muito importante você saber que, ao fazer um financiamento, a instituição financeira é proprietária do seu bem até o financiamento ser totalmente pago. 

Com isso, caso ocorra o atraso do pagamento você corre o risco, até, de perder o que foi adquirido com este financiamento, visto que a garantia do serviço era o bem que foi comprado. 

Já com o empréstimo pessoal os riscos não são tão altos, pois o dinheiro emprestado é seu e pode ser usado como você preferir. 

Dessa forma, ao ocorrer atraso do pagamento das parcelas, você pode ficar negativado e piorar sua relação com a instituição financeira, o que influencia negativamente caso você queira contratar outros serviços de crédito no futuro. 

Agora que você já sabe todas as diferenças entre empréstimo pessoal e financiamento, leia abaixo qual pode ser o mais compatível com o que você procura!

Como saber qual o melhor para você?

O ponto principal a ser levado em consideração na hora de contratar um serviço de crédito é qual consegue atender às suas necessidades e mais combina com seu orçamento financeiro. 

Por isso, caso você esteja em busca de um auxílio financeiro para comprar um imóvel, carro ou moto, ou demais bens de alto valor, o que pode beneficiar mais você é o financiamento. 

Além de você contar com a vantagem de poder entrar em contato com um banco e ver quais opções de financiamentos são as mais adequadas ao seu perfil.

Já se você está à procura de uma ajuda extra para o seu orçamento mensal, para pagar suas contas ou quitar dívidas, ou até mesmo, fazer compras, o mais aconselhável é fazer um empréstimo pessoal, pois assim você tem total controle de como gastar seu dinheiro.

Você também pode se interessar por: Empréstimo Consignado e Empréstimo Pessoal: Saiba todas as diferenças!

Share