Como saber se um boleto é falso? Veja 7 dicas para não sair no prejuízo

Como saber se um boleto é falso? Veja 7 dicas para não sair no prejuízo, lendo o nosso texto abaixo!

Um dos meios de pagamento mais utilizados no Brasil são os boletos, capazes de gerar diversas frustrações por falta de dinheiro ou, em alguns casos, por conta de fraudes em boletos, que tem se tornado cada vez mais comuns conforme a crise vai crescendo.

Mas, você sabe identificar a veracidade de um boleto? Caso você ainda não saiba e queira reconhecer algumas falhas, vamos te passar 7 dicas para que você identifique boletos falsos e não saia no prejuízo.

O boleto que você vai pagar, é realmente seu?

boletoregistradolinko 1

A primeira coisa que você deve verificar, antes de saber se um boleto é falso ou não, é se o boleto que você recebeu é realmente seu ou de algum familiar que já te avisou sobre o envio. 

Publicidade

Dessa forma, você deve tomar cuidado principalmente perto de datas comemorativas, períodos em que os golpes de boletos ficam mais frequentes.

Para evitar pagar boletos que não sejam seus, é importante manter todas as suas compras sempre anotadas e organizadas, verificando o que você irá receber para realizar o pagamento e não pagar nada que não esteja nas suas anotações.

Tome cuidado também com o canal pelo qual você recebeu o boleto, principalmente se for de empresas enviando por redes sociais, pois na maioria das vezes será uma fraude. 

Como saber se o boleto é falso?

Existem alguns passos que são importantes para determinar se um boleto é falso ou não, sendo assim, separamos 7 das principais dicas para que você consiga identificar:

1. Cheque os dados do boleto

A primeira coisa a ser feita é verificar se todos os dados do boleto estão corretos, sendo obrigatório conter o CPF ou CNPJ do recebedor do dinheiro e as especificações do serviço que foi prestado. Não contém? Boleto falso.

2. Confira os dados do recebedor

Depois de escanear o código de pagamento do boleto, confira se os dados apresentados na tela são os mesmos que estão presentes no boleto, como o nome da loja/empresa e o CNPJ ou CPF.

3. Peça boletos no formato “.pdf”

Segundo informações, os golpistas costumam enviar links que copiam as informações disponíveis no seu celular, permitindo golpes muito maiores do que apenas o pagamento do boleto, então peça os documentos em pdf.

4. Confira os números do código de barras

Muitas pessoas não sabem, mas os três primeiros números do código de barras são o código de identificação do banco, por isso é importante conferir se o banco emissor é o mesmo que está apresentado nas informações. Confira os códigos de banco neste link

5. Confira erros de digitação

É sempre importante conferir se não existe nenhuma informação incorreta, visto que muitas vezes elas podem surgir como erros ortográficos, que passam despercebido para muitas pessoas.

6. Tome cuidado com boletos que chegam na sua casa

A menos que você tenha consciência de que o boleto foi enviado por uma empresa conhecida, que já faz isso frequentemente, não pague boletos que chegam na sua residência sem ser de uma fonte confiável.


Encerra em 13:00

Cartão que pode te liberar R$ 250,00 de limite.

Mais de 75256 pessoas já solicitaram o seu

* Sujeito à análise de crédito.

7. Prefira sempre o débito automático

O débito automático facilita muito a vida das pessoas, além disso, também garante mais segurança, por isso, sempre que possível, opte por usá-lo.

Procurando cartão…