Banco Inter estreia na Bolsa dos Estados Unidos com ações despencando

Leia o nosso texto a seguir para descobrir tudo sobre o Banco Inter estrear na Bolsa dos Estados Unidos com ações despencando!

Você já deve ter visto que, cada vez mais, as fintechs estão começando a se parecer com as instituições financeiras convencionais e, depois de o Nubank ter se introduzido na bolsa de valores americana, foi a vez do Banco Inter colocar as suas ações para jogo.

Apesar de querer realmente se destacar, o resultado dos primeiros dias com as suas ações não foi dos melhores e podemos ver que as ações despencaram consideravelmente. Venha saber mais sobre o que causou essa queda nas ações do Banco Inter e se isso pode impactar significativamente no seu dinheiro!

A Bolsa de Valores americana

17110107390203

No último dia 23 de junho, o Banco Inter fez a sua estreia na bolsa de valores americana, a Nasdaq. A Nasdaq é uma empresa multinacional norte-americana de serviços financeiros que opera no mercado de ações NASDAQ e em oito bolsas de valores europeias, ou seja, é extremamente importante. 

Publicidade

Infelizmente, o dia inicial finalizou em baixas e as ações da fintech tiveram uma queda de 12,56% do seu valor inicial, valendo apenas US$3,48 no final do dia 23. O Banco Inter também não teve sorte em outros quesitos.

Os recibos de ações (BDR’s), na B3, também estiveram em queda apesar de um início promissor. No dia 20 de junho, os papéis estrearam em alta de 1,92%, valendo R$21,20. Infelizmente, no mesmo dia da queda da bolsa americana, os BDR caíram cerca de 13,8%, fechando o dia em R$17,93.

Principais motivos para a queda nas ações do Banco Inter

Existem diversos fatores que podem ter influenciado a queda das ações do Banco Inter, mas segundo Vitório Galindo, analista de investimentos e líder de análise fundamentalista da Quantized, o principal motivo para a queda se deve aos altos juros que estão rondando os Estados Unidos, principalmente no setor de tecnologia, o que acaba dificultando a situação de todas as empresas.

Os altos juros deixam os investidores sem incentivo para comprar valuations muito altos, o que por consequência deixa o dinheiro escasso. No momento, ninguém quer assumir riscos e esperar ter rendimentos apenas no futuro, afinal o imediatismo está cada vez mais presente na vida da população, então certas medidas acabam se fazendo necessárias. 

Segundo essas informações, isso leva as pessoas a não procurarem por bolsas de valores ou a B3, por exemplo, por conta dos juros, então estar em um investimento que está diretamente atrelado aos juros acaba sendo muito mais favorável para quem quer fazer o seu dinheiro render, deixando a procura por bolsas de lado. 

De acordo com as últimas pesquisas apresentadas, os investidores se mostraram pessimistas e estão com medo de recessão, então não é a hora de correr grandes riscos. Isso não significa que o Banco Inter está completamente acabado, mas por um tempo a probabilidade de bons compradores é pequena.

Apesar dos pesares, não se preocupe, pois isso não afetará no seu dinheiro dentro do Banco Inter, apenas se você tiver investimentos com a instituição, mais especificamente com a compra de ações. 

Procurando cartão…